quarta-feira, 8 de julho de 2015

Hibike! Euphonium

Yo!

"E o prêmio de autora mais dedicada do ano vai para..."

Olha lá, desde mês passado temos UM post no blog. Esse sim que é bom! 
Pois bem, até semana passada eu estava arduamente batalhando para passar nas minhas provas bimestrais. Essa época de meio do ano que o único pensamento na sua cabeça é : "Eu prefiro morrer a frequentar um dia a mais nessa escola!" então sim, eu estudei. (ಠ_ಠ) 
Como se não bastasse ao mesmo tempo eu sofria a tortura mais cruel de todas que é não poder assistir animes! Eu estava em semana de provas afinal. ( E uma lágrima escorria a cada vez que eu via mais episódios sendo lançados.)  Porém deus é bom e eu estou de férias!!

Okay, eu sei que vocês estiveram com saudades (ah claro, com certeza...) mas vamos cortando papo que eu vou aqui apresentar minha bíblia que eu chamo de análise. 

Hibike foi um anime que eu passei o olho, pensei e resolvi assistir. Eu gosto de animes de música desse tipo mas eu devo confessar que eu não estava esperando muito não. Achei que era um daqueles mais tranquilos do tipo que você termina de ver e fala "Ah ok, foi legal". 

MAS NÃO! NÃO MEUS CAROS! 

Para minha surpresa ele tratou de temas muito mais sérios, muito mais realistas do que eu pensava e nossa... tocou meu coração. ༼ つ ಥ_ಥ ༽つ

......................................................................................................
Kumiko Oumae é uma colegial que costumava fazer parte da orquestra escolar durante o fundamental. Em seu primeiro ano do Ensino Médio, suas colegas de classe, Hazuki e Safira, decidem se juntar à orquestra escolar. Entretanto, Kumiko descobre que sua antiga colega, Reina, também está no grupo, e hesita ao lembrar-se de um incidente que ocorreu entre ambas no passado.


(Muito obrigado Sakura Animes pela disponibilidades do ctrl c ctrl v)




Hibike! Euphonium (Download)
Hibike! Euphonium (Online)



- Análise (Muito spoilers~~)




Opening e Ending... , achei bem feitas mas nada muito chamativo. Bem estilo "vida diária" mesmo. 

Arte linda, magnífica (brilhinhos e gliter incluídos)

Como eu já disse antes, Hibike! Euphonium me impressionou muito. Kumiko era uma garota que tocava Eufônio apenas por tocar, não tendo grandes expectativas de ir para o Nacional com sua banda. Ela muda de escola e o comportamentos dos membros do clube de música de lá não são muito diferentes, até a chegada do Taki Noboru. Este que pergunta se todos queriam apenas tocar por diversão ou almejavam algo maior. A turma acaba respondendo que queria ir para o Nacional, no começo, sem muita vontade. O que eu achei incrível porque é muito real o comportamento nesse anime. 
Na realidade, muita das vezes as pessoas que praticam algo não vão muito além. Não desejam muito além e é exatamente isso que é mostrado. 

O comportamento dos alunos vai mudando de pouco a pouco, com as broncas do "simpático" professor. O que acaba despertando um interesse por querer melhorar, conquistar sua aprovação. A partir daí o passado dos veteranos vem a tona, discussões, conflitos, discórdias, por aí vai. 



No começo do anime eu assitia ele que nem um Glasslip e no final eu já estava : "MEU DEUS SENHOR AI MEU CORSSAUM CADÊ O PRÓXIMO?"

Durante todo o anime, não só a Kumiko, mas praticamente todos passam por uma grande evolução e se eu for falar de tudo, eu realmente escreverei uma bíblia aqui mas vamos nos concentrar nos principais, então. 

A Kumiko era daquelas que seguia o fluxo. Queria melhorar, mas não se destacar ou realmente perseguir o desejo de ir ao nacional. Até que ela encontra a Kousaka. A antiga colega de banda dela, e que antes de ela se mudar para a escola atual tiveram um pequeno desentendimento. Tal esse que ela não conseguia nem encarar a menina nos olhos. ┌( ಠ_ಠ)┘

Com ajuda de suas novas amigas ela consegue falar com ela, e no decorrer da história as duas vão se aproximando e se conhecendo melhor. No episódio do festival por exemplo, onde a Kousaka arrasta a Kumiko para o topo de uma montanha, e diz que quer ser especial, mais que qualquer pessoa. ( Gente, achei lindo a ceninha das duas tocando juntas. (ಥ_ಥ))




Nesse mesmo episódio a Hazuki é rejeitada pelo Shuuichi afinal ele gostava da Oumae. ( é tretaa!!!)
A Aoi acaba saindo da banda e para acender aquela velinha linda em cima do bolo  Taki anuncia as audições para escolher quem irá tocar no concurso. 
Aí meus amigos... a discórdia é tanta que uma aluna até acusa o professor de favorecer a Kousaka e ela caba tendo que arrumar uma outra audição para quem faria o solo do trompete. 

Meu deus! Aquele episódio me deu arrepios. O anime conseguiu criar uma atmosfera tão boa, o solo da Reina foi... fantástico. 




Algo que eu acho muito interessante por parte do anime é o episódio onde a Oumae está ensaiando muito para tocar uma parte onde os eufônios foram colocados de "última hora" - entre aspas porque na verdade tinha tempo mas vocês entenderam. 
E o professor diz que apenas a Asuka vai tocar essa parte no ensaio. 
Ela não transparece sua tristeza de imediato mas em um momento que está andando na rua, começa a chorar e correr pela calçada, até grita que quer melhorar. E aí sim, ela entende melhor o sentimento da Reina, de não querer fracassar e acreditar em si mesma que pode alcançar um objetivo maior. 

E o último episódio então?! Nossa,my harti, melhor episódio! ( bônus: Taki sensei de terno gente.)


                                    sedussaum ( ͡° ͜ʖ ͡°)

(Não se enganem, por trás dessa carinha bonita tem um sangue frio e impiedoso)

Meu mundo acabou quando eu vi a palavra fim. EU PRECISO DE MAIS UMA TEMPORADA!! 
Cá entre nós eu acho que tem chances, já que eles só foram escolhidos para ir ao nacional e ainda tem umas pontas soltas na história então, amigos, vamos dar as mãos e rezar. 


Só uma pequena nota aqui: 


EU SHIPPO MAIS KUMIKO E REINA DO QUE KUMIKO E SHUUICHI! AHAHSUAHGUDAASAIFIAJIA


Só isso mesmo. Queria abrir meu coração para vocês...nada demais.






Administradora: My-chan

Nenhum comentário:

Postar um comentário