domingo, 28 de setembro de 2014

Glasslip - Hexágono amoroso misturado em uma história mal resolvida...e mais uma pitada de romance??

Yo!
Não, hoje não tem ( :3) Porque minha internet está caindo de 5 em 5 minutos!! (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻
Alguém me ajuda... ( ok, tente não ligar pra esse post meio surtado, porque vai ficar mais ainda se no meio do caminho a net cair e eu perder esse post)
Eu estava com um monte de episódios acumulados, porém terminei tudo ontem e tenho muitas coisas pra postar, vou ver como organizo ainda esse monte de coisa no meio da semana. E eu quero variar um pouco pra não ficar só no, análise,análise,análise,análise. Esse loop infinito, então vou ter que botar minha criatividade pra trabalhar aqui.

Como eu já tinha falado naquela postagem de animes de 2014, eu só resolvi ver esse anime por curiosidade. Já que até a sinopse dele era meio confusa. Confusa no sentindo misteriosa, não falava sobre o que era o foco do anime  "Já pensou em ver o gênero My-chan?"  Ok, ok, mas vocês entenderam, eu estou falando sobre a história aqui.(• ε •)

E Glasslip foi um anime super confuso. Meio que do começo ao fim. A história não ficou muito consistente. Eu não posso dizer que gostei do anime.
Slice of Life... já viu né?  ( Não se fazem mais Sket Dance como antigamente... )

Então se vocês querem uma opinião se devem ou não devem assistir esse anime:
   -Primeiro, você tem que gostar de shoujo mas não um shoujo muito fictício do tipo : "ai, saí correndo de casa atrasada com uma torrada na boca e trompei com meu sempai. AimygodequecaralindoesedutorIloveyou!" é um shoujo misturado em slice of life.  ( "My, você não está ajudando em nada") - eu tentei, eu juro.
  -Segundo: Se não tiver paciência pra enrolação, é melhor deixar quieto.
  -Terceiro: Assista pra entender o objetivo da história desse negó- anime. 
.................................................................................................................................

 A protagonista, Touko Fukami, é uma garota de 17 anos que mora em uma pequena cidade à beira-mar na província de Fukui, onde sua família administra um negócio de confecção de vidros artesanais. Ela frequentemente se encontra com seus quatro melhores amigos em um café chamado “Kazemichi”, e, durante as férias de verão do último ano escolar, eles conhecem Kakeru Okikura, um estudante transferido que afirma ouvir uma voz vinda do futuro. Sua chegada desencadeia uma série de eventos que tornará o último verão juntos desses jovens algo inesquecível, repleto de esperança e angústias.

 .................................................................................................................................
Assistir online ou Download:

Glasslip (Online)

Glasslip (download)


(Spoilers / Análise)



Antes de analisar a história, como sempre alguns aspectos mais "estruturais" : A arte de Glasslip é bem colorida e bem trabalhada na transparência por aspecto do vidro. É, dos objetos em vidro, onde eu prestei bastante atenção. Na cenário em geral também, eu achei bem bonito, afinal é uma cidade pequena, não uma cidade grande e principal que necessite placa de neon em todo lugar. ( Tipo Tóquio. Tóquio é uma São Paulo com neon ) Nos personagens é aquele mais típico de shoujo? Sabe, com olhos bem grandes. E um aspecto mais "fofinho"

A openig e a ending eu não gostei sinceramente. Eu achei muito... parado. Não que eu queira explosões na tela, mas acho que dava pra fazer melhor.

Bom como já sabem, esse gênero é mais realista, (óbvio) e tende a ser meio chato caso não apresente uma boa história ou bons personagens pra você se identificar ou gostar. E Glasslip foi quase lá. Quase, mas não conseguiu.

Eu estou considerando, o que se deve levar em conta pra um slice of life, o foco de história( que é confuso pra caramba, mas faremos o possível). Então vamos com calma.
Mas pense bem, o que te leva a gostar e continuar assistindo o anime, caso a história não seja boa?: personagens. E o contrário? : história.  Não é mesmo?
Esse anime, até tentou, mas não chegou lá. Porque? Porque os personagens não tiverem uma personalidade bem definida, algo que eles fizeram que marque o personagem, que te faça lembrar dele.

Mesmo que tenda a ser um anime focando na vida real, se você teve a capacidade de criar uma menina que via fragmentos possivelmente do futuro quando olhava pra um pedaco de vidro, o que te impede de fazer personagens mais trabalhados?


Vamos a história então: Glasslip é um grande hexágono amoroso. ( eu vou chamar desse jeito, caso tenha uma ideia melhor me fale) E é tanta confusão com quem gosta de quem e o como tudo se resolve é mais confuso ainda. A Yanagi que gosta do Yukinari, mas ele gosta da Touko e a Touko não percebe além disso a Sachi também gosta da Touko e o Hiro que gosta da Sachi, masaíchegaoKakeruquegostadaTouko e AHHH (mais ou menos isso, que simples não?)

Além disso, temos as visões que a Touko acha que são do futuro, toda vez que ela vê algo brilhante, e o Kakeru que também ouve essas coisas. 

Mas o mais... mais... nem sei o que falar, é que o anime te apresenta um problema, e você fica esperando o desenrolar desse problema e o que acontece é o seguinte: ou ele te joga mais um problema e esquece o outro por um tempo, ou ele apresenta a solução de uma forma extremamente: "pronto, resolveu, é isso e acabou."

Quer um exemplo? Vamos a Sachi então.



Sachi, uma menina que tem problemas de saúde, é mais quieta e adora ler. Tem um amor platônico pela Touko. Ao mesmo tempo o Hiro, gosta dela. 
E o que ela faz? Primeiramente, o anime mostra que eles começam a namorar. Do nada. Sério. Depois ela queria usar o Hiro, pra atrapalhar o encontro da Touko com o Kakeru. Obviamente o Hiro fica chateado quando descobre, então o anime fica enrolando o problema... e... e...? Ela leva a Touko e o Hiro pra ver a lua, o que teve algo a ver com o livro que os dois estavam lendo e então ela se declara pros dois. Pronto. Ela e o Hiro voltam a namorar. *joga purpurina pra cima *  Que lindo. 

What?! Ok.. ok... eu vendo o anime, deixei essa passar. Mas eu fiquei com raiva dela. Coitado do Hiro! Ele até começou a ler por causa dela, visitou todo santo dia no hospital levando biscoitos! 

Além dessa história tem o amor da Yanagi pelo Yukinari. Só que ele gostava da Touko e depois dela ter recusado ele, tem uma enrolação básica do anime, mostrando brevemente algumas atitudes da Yanagi sobre isso, e depois... isso fica sem solução clara. Mas no ponto de vista do anime, aquilo estava resolvido. Os dois voltaram a ser amigos de novo, pronto resolveu. 
(._.) ( l: ) ( .-. ) ( :l ) (._.)

Não pode meu deus! Não pode fazer isso! Tem que pensar nas pessoas que não leram o mangá desse negócio. Aliás não duvido que no mangá seja muito diferente. Você vai fazer uma adaptação do mangá não vai? Então tem que ter um planejamento pra exibir a história claramente! Love Stage fez melhor que você Glasslip!  

Eu li mais algumas críticas de primeiras impressões por aí e elas também falaram que o anime deixou a desejar. Porque simplesmente jogam a história na sua cara, os problemas ficam mal resolvidos,  a história fica mal contada.
 Principalmente aquele final. Parece que não deu tempo de planejar a história e pronto, vamos mostrar o final feliz dos personagens. 




A Touko, eu tive e não tive raiva dela. Foi tão parado e ela sempre cheia de dúvidas, não sabia como resolver, ficava com medo que aquilo poderia ser o futuro, ficava desenhando galinhas e  ficou por isso mesmo. Quer dizer, no anime isso foi resolvido também. No anime. 

Glasslip tem uma iniciativa boa? Tem. Personagens que poderiam ser bons? Tem. História que poderia ser trabalhada muito melhor, intercalando com o romance dos personagens? Tem! Tem poxa, dava pra contar muito melhor se cortassem a enrolação. Ia ficar mais corrido, ia, mas pelo menos poderia ter desenvolvido melhor a história. E ia render críticas melhores principalmente por ser uma adaptação de um mangá de 13 episódios. ( Apesar de eu não ter achado o quantos capítulos o mangá tem) 


Slice of life, principalmente tem que ter cuidado com história. Tem que fazer com quem está assistindo se envolva na história senão fica chato. Fica confuso.
Então, eu termino a crítica, por um lado mais negativo. Talvez pra quem tenha visto o mangá, tenha gostado mais como um extra, legalzinho mostrando algumas partes do mangá. Mas como anime, sozinho, deixou muito a desejar. É um cosplay de Shin Sekai Yori (ok, não vamos exagerar)



Perdão se ficou algo muito grande e cansativo, mas acredite, se eu fosse falar tudo que ficou cortado pela metade nesse anime, eu poderia fazer um post de três partes.

 Espero que tenham gostado.





Administradora: My-chan







7 comentários:

  1. nossa eu ate q gostei, mas como vc disse é mt enrolado n entendi quase nd, mas achei engraçado , e vc poderia fazer um post de Nagareboshi lens?? pff

    ResponderExcluir
  2. "A pessoa responde quase 2 semanas depois"...
    Desculpe, mas só fui listar esse anime agora >.< , faço a análise sim e logo, logo está aí ok? :3

    ResponderExcluir
  3. Eu também até gostei do anime, mas como você disse, ficou extremamente confuso.

    --Spoiler--

    Não deixou explicito o que eram as vozes que o Kakeru ouvia ou o porque dele ter parado de ouvir, por que a Touka tinha aquelas visões, as relações foram ainda mais confusas de entender. E no final, não consegui entender o por que do Kakeru ter ido embora sendo que estava tudo "resolvido".
    Acho que a história poderia ter sido muito melhor trabalhada, desde o primeiro episódio fiquei imaginando como ela se desenrolaria e acabou que se enrolou mais ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. teve uma coisa que achei legal, o kakeru ouvia vozes e a touko via imagens, mas quando os dois estavam juntos tanto a menina quanto o menino via e ouvia esses chamados fragmentos do futoru

      Excluir
  4. Cara q surpresa eu diria a mesmo coisa sem tirar nem por até procurei o manga mas sem o menor interesse eu queria apenas entender poderia no mínimo ter ficado claro q raio de visões eram aquelas a impressão q da e que o kakeru era só um fantasma e tudo não passava de alucinação daquela menina enrolada se alguém entendeu favor explique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ¯\_(ツ)_/¯ um anime com pouco episódios que nem esse tem pelo menos que se dar o trabalho de explicar o enredo senão não tem como, não é mesmo? ಠ_ಠ

      Excluir
  5. Cara q surpresa eu diria a mesmo coisa sem tirar nem por até procurei o manga mas sem o menor interesse eu queria apenas entender poderia no mínimo ter ficado claro q raio de visões eram aquelas a impressão q da e que o kakeru era só um fantasma e tudo não passava de alucinação daquela menina enrolada se alguém entendeu favor explique

    ResponderExcluir